Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 23 de maio de 2015

Independente Sub-20 empata com a Ponte Preta e torcida realiza protesto contra o presidente


TRINCA - O time Sub-20 do Independente conseguiu esta tarde completar uma trinca de empates no Campeonato Paulista. Depois de ficar no 2 a 2 com o Rio Claro, no Schmidtão e no 1 a 1 com o Guarani, no Pradão, o time comandado pelo técnico Ricardo Gomes empatou por 2 a 2 com a Ponte Preta, hoje no Pradão.

A Macaca vencia por 2 a 0, gols de Alef e Bahia, quando Bruno Alves entrou no segundo tempo e foi decisivo. O reserva marcou dois gols, aos 26 e aos 45 minutos, evitando a derrota. Foi um empate com sabor de vitória.

O Galinho tem mais dois jogos seguidos em casa, contra Capivariano e Ituano. Obrigado pela audiência na Rádio Pimba, com a narração de Léo Mendes e as reportagens de Carlos Gomide.

A torcida galista fez vários protestos contra o presidente José Marcelo de Assis. Eles querem a renúncia do mesmo e a sequência da parceria com a Arte da Bola.

Ouça Independente e Ponte Preta Sub-20 pela Rádio Pimba

O time Sub-20 do Independente entra em campo hoje, às 15h, no Pradão, para enfrentar a Ponte Preta pela terceira rodada do Campeonato Paulista. A entrada é franca. Ouça o jogo pela Rádio Pimba, através do endereço: www.radiopimba.com.

Na estreia da competição o Galinho ficou no empate por 2 a 2 com o Rio Claro, no Schmidtão. O goleiro José Guilherme defendeu uma penalidade máxima. Já no sábado passado, no Pradão, o Independente vencia o Guarani por 1 a 0, gol de Gilcimar Jr aos 26 minutos do 1º tempo, quando sofreu o empate de Rômulo aos 41 minutos do 2º tempo.

O alvinegro limeirense ocupa a oitava colocação do Grupo 2, com 2 pontos ganhos, enquanto a Macaca está em sexto, com 3. O líder do grupo é o Mogi Mirim com 6 pontos.

Vamos ajudar o João Valdir


O repórter João Valdir de Moraes, titular da equipe de esportes da Rádio Educadora e responsável pela famosa e tradicional Janela do João aos domingos na Gazeta de Limeira, está precisando de doadores de sangue. O "pequeno notável" sofreu um enfarte há uma semana e precisará passar por uma cirurgia no coração no próximo dia 1º.

Os doadores que participarem desta campanha devem comparecer ao Banco de Sangue da Santa Casa de Limeira e fornecer o nome de João Sebastião de Moraes. Apenas quem já tiver tomado a vacina contra a gripe não pode doar. O tipo de sangue dele é o O negativo, porém pessoas de qualquer tipo sanguíneo poderão doar.

O Banco de Sangue funciona de segunda-feira à sexta-feira das 7h às 14h e aos sábados das 7h às 11h. O telefone de contato é o 3446-6100 (ramal 6115). 

Para doar sangue não é necessário estar em jejum. Apenas o almoço é proibido em razão da grande quantidade de gordura na refeição.

São Paulo atrás de marca

São Paulo poderá quebrar um tabu de nada menos que nove anos no Morumbi. Se vencer o Joinville hoje, às 18h30, pelo Brasileirão, o Tricolor chegará a 10 vitórias consecutivas em sua casa, marca que não alcança desde 2006.

Novamente, David Jackson concorre ao prêmio de MVP do NBB


Quatro atletas concorrerão ao troféu individual mais desejado do NBB7. Depois de votação que contou com a participação de técnicos, assistentes e capitão das 16 equipes que disputaram a sétima edição do NBB, além da imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros, Alex Garcia (Bauru), David Jackson (Winner), Rafael Hettsheimeir (Bauru) e Marquinhos (Flamengo) são os indicados para o prêmio de MVP (Jogador Mais Valioso) da temporada.

A briga conta com os dois últimos atletas que venceram este prêmio. Na temporada passada, David Jackson se tornou o primeiro estrangeiro a atingir tal feito e Marquinhos ficou com o troféu no NBB5.

Enquanto isso, os baurenses Alex e Hettsheimeir lutam pela inédita conquista em suas respectivas carreiras.
MVP, melhor ala e melhor estrangeiro do último NBB, Jackson está na luta para defender seus três prêmios nesta temporada.

O jogador de 32 anos somou médias de 16,6 pontos, 3,7 rebotes e 3,2 assistências por partida, além de um aproveitamento de 40% nas bolas de 3, 55,1% nos tiros de 2 e assombrosos 94,8% nos lances livres, o melhor desta edição do maior campeonato do país.

Os ganhadores até aqui foram: Marcelinho Machado (NBB1 e NBB2), Guilherme Giovanonni (NBB3), Murilo (NBB4), Marquinhos (NBB5) e David Jackson (NBB6).

Ala

A Liga Nacional de Basquete também anunciou os seis candidatos aos dois troféus de "Melhor Ala" do NBB7. São eles: Alex Garcia (Bauru), Robby Collum (Minas Tênis), David Jackson (Winner), Léo Meindl (Franca), Marquinhos (Flamengo) e Shamell (Mogi das Cruzes).

Na posição de pivô, concorrem ao prêmio: Caio Torres (São José), Jerome Meyinsse (Flamengo), Guilherme Giovannoni (Brasília), Lucas Mariano (Franca), Rafael Hettsheimeir (Bauru) e Olivinha (Flamengo). A Winner lamentou a ausência de Bruno Fiorotto, que fez uma ótima temporada pela equipe limeirense.

Assim como todas as outras categorias, o vencedor do troféu de MVP do NBB 7 será conhecido no dia 08/06, em São Paulo, na festa de premiação.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Guilherme Teichmann é o primeiro jogador a deixar a Winner/Limeira


Como antecipamos há três dias, os jogadores Guilherme Teichmann e Matheus Dalla não terão seus contratos renovados com a Winner/Limeira para a temporada 2015/2016. Técnico Dedé Barbosa deverá contar com Douglas Nunes, do Palmeiras e um outro ala, ainda em estudo.

Teichmann usou hoje sua conta no Twitter para se despedir.

"Estou de saída de Limeira. Foram 5 anos nesta cidade que tenho muito carinho. Desejo toda a sorte ao time".

Sem dúvida alguma, jamais será esquecido pela torcida por tudo o que fez. Estava no elenco campeão paulista de 2008/09 e defendeu a Winner no Sul-Americano de 2014, primeira competição internacional da equipe. Pena que sofreu com várias lesões que o atrapalharam demais, entre elas uma fratura na face.

*** De minha parte desejo ao amigo toda sorte do mundo daqui para frente. Além de grande jogador, de ídolo da torcida, Teichmann é um dos melhores amigos que tenho no basquete. Sempre foi leal comigo. Força irmão e conte comigo a vida toda.

Para homenageá-lo, levantei todos os seus números pela Winner: 

Números de Teichmann pela Winner:

2.257 pontos - é o 8º maior cestinha da Winner na história
239 jogos - é o 7º que mais jogou pela equipe limeirense na história
107 bolas dos 3 pontos
801 bolas dos 2 pontos
334 lances livres convertidos
1.338 rebotes
469 assistências
268 bolas recuperadas
270 tocos
415 bolas perdidas

Seus recordes pela Winner:

32 pontos - 20/05/2008 - Winner 111 x 113 Assis pela Supercopa

3 bolas dos 3 pontos - 20/12/2006 - Winner 82 x 97 Franca pelo Paulista

15 bolas dos 2 pontos - 20/05/2008 - Winner 111 x 113 Assis pela Supercopa

8 lances livres - 03/05/2008 - Paulistano 105 x 109 Winner pela Supercopa

17 rebotes - 13/05/2008 - Franca 102 x 98 Winner pela Supercopa

7 assistências - 14/03/2008 - Winner 124 x 120 Paulistano pela Supercopa

5 bolas recuperadas - 20/12/2006 - Winner 82 x 97 Franca pelo Paulista

6 tocos - 03/05/2008 - Paulistano 105 x 109 Winner pela Supercopa

9 bolas perdidas - 08/03/2007 - Winner 89 x 79 Paulistano pelo Paulista

Saiu 38 vezes com a 5ª falta

43min13 em quadra - 19/10/2008 - Paulistano 101 x 92 Winner pelo Paulista

Por 14 vezes foi cestinha

Ganhador da camisa do técnico José Neto do Flamengo Basquete


O limeirense Anderson Alexandrin, torcedor do Corinthians, retirou a camisa oficial da comissão técnica do Flamengo Basquete aqui na Gazeta de Limeira. Ele participou da promoção da minha Fanpage nos playoffs semifinais do NBB7 e levou para casa essa bonita camisa, presentão do técnico José Neto, após sorteio. Parabéns e em breve uma nova promoção aqui.

Sem área no Horto, diretoria da Inter quer outro local para fazer um CT

Um assunto vem tomando conta do noticiário esportivo em Limeira nos últimos dias. Quem administrará os dois campos de futebol do Horto Florestal? Hoje a resposta seria: Independente FC, através da Arte da Bola.

Mas para que o Galo fique com essa área, construindo um centro de treinamento, a Internacional seria beneficiada com uma outra área, mais próxima do centro da cidade.

Em entrevista ao Painel Esportivo da Rádio Educadora, ontem à noite, o ex-presidente Taymon Bueno disse que Wagner Barbosa, diretor da FPF, o avisou que o Independente queria ficar com os dois campos.

O dirigente leonino se reuniu com Paulo Hadich, que o aconselhou a abrir mão do terreno, pois entendia que a aproximação dos clubes, até pela rivalidade de ambos, não seria benéfica.

Em outra reunião com o vice-prefeito Antônio Carlos Lima, Taymon foi novamente aconselhado a desistir daquela área.

"O Lima disse que nesse momento a Internacional não teria dinheiro para fazer os vestiários e que a Arte da Bola teria. A Prefeitura também usaria o local para jogos do Campeonato Amador", lembrou.

Bueno disse que conversou com o responsável pela Construjá, patrocinadora da Internacional, que estaria disposta a ajudar o clube nesta nova área, que poderia ser cedida pela Prefeitura. "Claro que nossa intenção é construir um centro de treinamento", afirmou.

Procurada pela Gazeta de Limeira, a Prefeitura emitiu uma resposta sobre o polêmico assunto.

"Internacional e Independente mantiveram conversas com o prefeito Paulo Hadich no sentido de utilizar as áreas do Horto Florestal para treinamento. No entanto, nunca houve a formalização dos pedidos. Caso ocorra algum tipo de cessão ao Independente, existe sim a possibilidade de se verificar outras áreas para a Internacional. Em qualquer um dos casos, é necessário que os clubes manifestem por escrito esta solicitação, já que é aberto um processo administrativo para os devidos trâmites legais. Em sendo atendido, os clubes ficariam  responsáveis pelos investimentos necessários à adaptação das áreas". 

Desta forma, Taymom Bueno prometeu protocolar um pedido ainda hoje.

Diretoria faz balanço da temporada e projeta futuro da Internacional

A diretoria da Internacional emitiu um e-mail para a imprensa fazendo um balanço da temporada 2015, que terminou com mais uma eliminação no quadrangular final e o fim do sonho de acesso para a Série A-2. 

Alguns foram os fatores levantados pela direção do clube para tentar explicar o que aconteceu ao longo do ano. A falta de estrutura, por exemplo, foi foi um deles.

"O principal inimigo da Internacional foi a condição do estádio. As obras prometidas pela Prefeitura Municipal, que seriam de grande valia, apenas atrapalharam. Foram interrompidas deixando o clube em condições precárias, como os alojamentos, por exemplo, e a cozinha, essencial para o dia a dia dos atletas, que teve que ser concluída pela diretoria do clube", diz o e-mail.

Sobre a questão da obra, o ex-presidente Taymom Bueno, que participou das tratativas da reforma ainda em sua gestão, deu seu parecer.

“Vivemos uma ilusão a respeito das obras no Limeirão. O que era para ser um sonho virou um pesadelo. A diretoria tirou dinheiro de onde não tinha para fazer reparos de emergência provenientes da interrupção dessa obra. Por exemplo, a cozinha ficou sem janelas. O Limeirão ficou escancarado e sem a mínima condição de segurança e higiene. Nós mesmos colocamos a janela, os vidros, as pias de granito e torneiras. Isso durante o campeonato”, afirmou.

O ex-presidente explicou ainda os custos que a Inter tem com o Limeirão.

“Vamos provar os investimentos que fizemos. Tenho certeza que é mais do que o poder público municipal, detentor do estádio, investiu no mesmo período. Dá vergonha de trazer visitas no Limeirão. Não tem sala do presidente, pois foi necessário desmontar o forro e a elétrica para manutenção de uma caixa d’água que fica no andar de cima. Além disso, parte do teto do memorial, que construímos com doações e suor de todos, veio abaixo em razão das obras que vinham acontecendo”, prossegue.

Segundo a nota de esclarecimento, o que mais deixou a diretoria da Inter chateada foi a mudança de postura da administração pública.

"O senhor Prefeito Municipal disse, em entrevista à imprensa local, que a responsabilidade pelo estádio passou a ser toda do clube. Ainda disse ter em mãos a concessão, mas nós também temos todos os documentos originais de concessão e não é bem da forma que ele fala. O estádio foi construído sob terreno da Associação Atlética Internacional. Tudo bem, nós podemos até assumir o Limeirão, desde que ele conclua as obras que prometeu e começou. Continuar disputando campeonatos profissionais com essa estrutura é dar tiro no pé. Por isso vamos parar esse semestre e cobrar a finalização dessa obra. Ela interferiu muito no andamento do campeonato", culpou.

A troca do gramado foi outro ponto questionado.

"Outra questão que não podemos deixar passar foi a promessa feita pelo prefeito, para mim e para meu pai, de trocar o gramado do Limeirão. Nada foi feito. Vamos trocar o gramado com a união da diretoria. E a partir daí o assunto de responsabilidade pelo Limeirão será tratado de forma diferente também. Respeito e tenho amizade com o Paulo Hadich, mas nossa postura sempre cortês está nos trazendo um fardo que não é nosso. Seguramos até onde podíamos”, concluiu Taymom Bueno.

Bilheteria

A diretoria apontou outras questões que contribuíram para o não acesso do Leão. Em especial, a arrecadação de bilheteria, que foi muito abaixo do esperado, mesmo o time ficando no G4 em 18 das 19 rodadas da primeira fase. Isto impediu que a direção pudesse ousar mais em premiações e contratações.

“Nos últimos cinco ou seis anos ouço pessoas dizendo que se o time começasse bem o campeonato a torcida apoiaria. Isso não aconteceu. Foi um dos motivos de o time ter perdido a força na A-3. Além disso, a falta de um gerente de futebol também foi fator fundamental para a solução de alguns problemas do dia a dia”, disse o presidente Altair Bueno.

O presidente garantiu que a diretoria deu total respaldo ao técnico Betão Alcântara.

“Todas as contratações foram indicadas ou avalizadas por ele. O orçamento era muito bom para a divisão. Algumas posições ficaram carentes na montagem do time. Essa é a maior frustração da diretoria”, lembrou.

O vice-presidente da diretoria Paulo Eduardo de Toledo Barros, ressaltou o comprometimento este ano.

“A diretoria está sendo massacrada por mais um campeonato sem acesso. Garanto que não há pessoas mais chateadas do que a própria direção. Quem vive a realidade do clube sabe da doação da diretoria, primeiramente, para a sobrevivência do clube. "A Internacional está de portas abertas a quem tiver culhão e coragem de nos ajudar".

O primeiro passo será a contratação de um gerente de futebol remunerado em tempo integrado, para evitar atravessamento entre diretoria e comissão técnica. A diretoria entende que o momento agora é de organizar o clube na estrutura e nos bastidores.

A diretoria vai anunciar uma série de eventos e ações para beneficiar os sócios que continuam adimplentes. A manutenção do quadro de sócios é importante para que haja receitas e o clube entre com fôlego financeiro na nova temporada.

Ala/pivô Douglas Nunes próximo de acertar com a Winner Limeira


A Winner pode anunciar nas próximas horas o seu primeiro reforço para a temporada 2015/2016, que culminará com o Campeonato Paulista de Basquete em agosto, o NBB8 em outubro deste ano e a Liga das Américas em janeiro de 2016. Trata-se do ala/pivô Douglas Nunes, que jogou o NBB7 pelo Palmeiras.

O jogador de 28 anos e 2m10 de altura, passou também por Minas, Bauru e Seleção Brasileira antes de acertar com o Verdão, onde teve atuações destacadas. No NBB7 teve médias de 21 minutos, 7,5 pontos, 2,6 rebotes, 0,7 assistências, 0,6 bolas recuperadas e 0,4 tocos por jogo.

Douglas Nunes, que reúne todas as características exigidas por Dedé Barbosa, como o chute de fora e a forte marcação, viria para a vaga de Guilherme Teichmann, que dificilmente terá seu contrato renovado.

Dedé está atrás agora de um ala para a vaga de Matheus Dalla, outro jogador que está de saída na equipe limeirense.

Independente recebe a Ponte Preta amanhã no Pradão pelo Paulista Sub-20

O time Sub-20 do Independente entra em campo amanhã, às 15h, no Pradão, para enfrentar a Ponte Preta pela terceira rodada do Campeonato Paulista. A entrada é franca. Ouça o jogo pela Rádio Pimba, através do endereço: www.radiopimba.com.

Na estreia da competição o Galinho ficou no empate por 2 a 2 com o Rio Claro, no Schmidtão. O goleiro José Guilherme defendeu uma penalidade máxima. Já no sábado passado, no Pradão, o Independente vencia o Guarani por 1 a 0, gol de Gilcimar Jr aos 26 minutos do 1º tempo, quando sofreu o empate de Rômulo aos 41 minutos do 2º tempo.

O alvinegro limeirense ocupa a oitava colocação do Grupo 2, com 2 pontos ganhos, enquanto a Macaca está em sexto, com 3. Com a desistência do XV de Piracicaba, o Independente fará mais duas partidas em casa na sequência, contra Ituano (30/05) e Capivariano (06/06).

O líder do grupo é o Mogi Mirim com 6 pontos. Com 3 pontos aparecem Ituano, Rio Branco, Capivariano, Primavera, Ponte Preta e Batatais. Rio Claro e Guarani somam 1 ponto, enquanto a Francana está na lanterna, sem pontos somados.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Capivariano fora da Copa Paulista

Capivariano acaba de desistir da Copa Paulista. Desta forma, Grupo do Independente na competição terá apenas quatro equipes: Galo, XV de Piracicaba, Rio Branco e União Barbarense. A estreia galista seria justamente contra o Capivariano, dia 19 de julho, em Capivari. Informação do narrador Leandro Bollis, da 105 FM.

O motivo é que a Prefeitura de Capivari, responsável direta pelo Estádio Carlos Colnaghi, irá abrir licitação em junho para a troca do gramado, que ao longo do Paulistão foi o principal alvo de críticas, principalmente no jogo contra o Corinthians, único grande a se apresentar na cidade.

Morre o querido Zé do Rádio


Morreu hoje aos 69 anos, vítima de uma parada cardíaca, Ivanildo Firmino do Santos, o "Zé do Rádio", torcedor símbolo do Sport. Ícone popular em Pernambuco, "Zé do Rádio" era conhecido como o torcedor mais chato do Brasil, apelido que ganhou do ex-técnico Zagallo nos anos 90.

Tudo por causa de seu rádio gigante e barulhento, sempre ligado no volume máximo, além de seus infindáveis gritos para cornetar os treinadores adversários na Ilha do Retiro. "Zé do Rádio" era tão querido que virou até "bonecão" no Carnaval pernambucano, desfilando pelas ruas de Recife e Olinda na época da festa.

Seleção da NBA definida

Pelo oitavo ano seguido, o ala LeBron James entrou para equipe dos melhores da temporada da NBA. O jogador do Cleveland Cavaliers recebeu todos os 129 votos possíveis dos membros da imprensa especializada norte-americana.

Além dele, Stephen Curry, do Golden State Warriors, também foi eleito de maneira unânime. Completam o time o ala-pivô Anthony Davis, do New Orleans Pelicans, o ala-armador James Harden, do Houston Rockets, e o pivô Marc Gasol, do Memphis Grizzlies.

Winner na Liga das Américas

Bauru derrotou Mogi das Cruzes por 77 x 65, no Panela de Pressão, fechou a série melhor de cinco em 3 a 2, e decidirá o título do NBB7 contra o Flamengo, atual bicampeão. Na melhor de três da final, dois jogos serão em Marília (Bauru não tem capacidade para receber os jogos finais) e um no Rio de Janeiro.

Com a vitória de Bauru, a Winner se classificou direto para a Liga das Américas de Basquete, que terá início em janeiro de 2016. Desta forma, a equipe limeirense não precisará passar pela Liga Sul-Americana em outubro próximo.

Maikon Leite no Sport

Palmeiras emprestou o atacante Maikon Leite ao Sport. O jogador ficará na Ilha do Retiro até o final do ano. Seu último clube foi o Atlas do México. Pelo Verdão foram 93 jogos e 13 gols. No ano passado jogou o Brasileirão pelo Náutico.

Enderson Moreira no Fluminense

Um dia após anunciar a saída de Ricardo Drubscky, o Fluminense anunciou a contratação do substituto. Trata-se de Enderson Moreira, que assinou vínculo até o final da temporada.

Enderson Moreira será o terceiro treinador do time carioca na temporada. O clube já teve Cristóvão Borges, demitido em março, além de Drubscky.

Em menos de um ano, o treinador foi demitido do Grêmio (em julho), do Santos (em março), e do Atlético-PR (em abril).

Thomaz Bellucci tá jogando muito

Brasileiro Thomaz Bellucci está na semifinal do ATP 250 de Genebra. O número um do país e 60º colocado no ranking da ATP, venceu o espanhol Albert Ramos Vinolas, 63º do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/0, 1/6 e 6/3.

Com o triunfo, Bellucci vai encarar na semifinal o colombiano Santiago Giraldo, 67º do mundo, que eliminou o croata Marin Cilic, décimo do ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3. O jogo será realizado nesta sexta-feira.

Xavi jogará no Al-Sadd

Meia Xavi, 35, anunciou que vai mesmo deixar o Barcelona após o fim desta temporada e jogará pelo Al-Sadd, do Qatar, pelos próximos dois anos. Xavi joga pela equipe catalã há 17 anos.

Pelo clube, entre as 23 conquistas, ganhou oito títulos do Campeonato Espanhol e três da Liga dos Campeões. O atleta é o recordista de partidas pelo time da Catalunha, com 764 jogos oficiais - são 866 no total.

Figo retira candidatura

Ex-jogador Luís Figo, 42, anunciou que não vai mais concorrer ao cargo de presidente da Fifa. O português criticou a forma como a eleição foi conduzida. O dirigente holandês Michael van Praag, 67, também renunciou.

Desse modo, restam apenas dois nomes na corrida presidencial: o príncipe Ali bin Al Hussein, da Jordânia, e o atual presidente da entidade, Joseph Blatter. A eleição para a escolha do novo mandatário ocorrerá no dia 29 de maio, na Suíça.

Limeirense PC é eleito o melhor lateral esquerdo do Campeonato Goiano

MELHOR - Pela quarta vez o limeirense PC foi eleito o melhor lateral-esquerdo do Campeonato Goiano. O ex-jogador de Independente e Internacional, foi vice-campeão com o Aparecidense e novamente interessa ao Goiás, time que disputa a Série A do Campeonato Brasileiro. Os outros prêmios individuais recebidos pelo jogador foram nos anos de 2010 com o Santa Helena e em 2013 e 2014 com o Goianésia.

Dedé Barbosa espera contar com dois reforços na Winner

Após a eliminação para o Flamengo nas semifinais do NBB7 - melhor colocação da Winner em toda sua história - os torcedores querem notícias do elenco que disputará o Campeonato Paulista de Basquete a partir de agosto e a Liga das Américas em janeiro do ano que vem.

Apenas quatro jogadores têm mais um ano de contrato e seguem em Limeira, são eles os armadores Nezinho e Deryk, o ala dominicano Ronald Ramón e o ala/pivô Rafael Mineiro.

O ala norte-americano David Jackson é o que mais se aproxima de uma renovação contratual. Apesar de cobiçado por vários de times na América do Sul, o MVP gostou de Limeira, principalmente do carinho da torcida que o reverencia em todas as partidas. Seu agente já sinaliza a possibilidade de mais uma temporada na cidade.

Outro que deve ter seu contrato renovado nos próximos dias é o pivô Bruno Fiorotto, que fez uma de suas melhores temporadas na carreira pela Winner. Foi um dos jogadores mais regulares da equipe limeirense no NBB7.

A situação de Chris Hayes é a mais complicada. Como apenas três estrangeiros podem atuar no Brasil, a Winner vai estudar a renovação do jogador, que foi fundamental na campanha do NBB7.

Se a equipe limeirense conseguir um pivô norte-americano, o chamado "cincão", fortalecendo a tábua defensiva, Hayes perderia seu lugar e um ala/pivô brasileiro viria para substituí-lo.

Mas pelo que Dedé Barbosa deu a entender, Hayes continuará. O técnico gosta de jogadores competitivos e Chris mostrou ser um jogador bastante eficiente e útil para a equipe. Para muitos, Hayes tranquilamente poderia ser eleito o melhor sexto jogador do campeonato nacional.

Dois jogadores dificilmente terão seus contratos renovados, são eles o ala Matheus Dalla e o ala/pivô Guilherme Teichmann.

Dedé não passou a lista de possíveis reforços. Disse apenas que Ronald e Arthur, de Brasília, encaixariam perfeitamente na Winner, mas ambos têm mais um ano de contrato com o time candango. Já Guilherme Giovanonni estaria descartado.

O ala Gruber, de Uberlândia, que encabeçava a lista de reforços da Winner, acabou acertando com o Paulistano. O ala Jonathan Luz, que passou pela Winner e estava no Palmeiras, também interessava ao treinador, mas segundo ele mesmo levantou, o destino do jogador também será o Paulistano.

Pelo que deixou no ar, Barbosa espera contar com um ala que tenha um bom arremesso de fora e que tenha a marcação como um de seus pontos positivos. "Hoje em dia não é fácil encontrar no Brasil um ala com essas duas características. Mas estamos estudando alguns nomes".

Uma reunião esta semana entre Cássio Roque, o supervisor Renato Lamas e o técnico Dedé Barbosa deve definir as diretrizes da temporada. O Campeonato Paulista deve começará em agosto.
Melhor
Dedé Barbosa concorre ao prêmio de melhor técnico do NBB7, junto com Demétrius Ferracciú (Minas) e Guerrinha (Bauru).

Humilde, o treinador da Winner acredita que não será o vencedor.

"Entre os três, Guerrinha deve levar o troféu, não só pela campanha no NBB7, mas pelos títulos que conquistou com Bauru, algo que até então era inédito naquela cidade. Só de ser indicado eu já fico bastante feliz e lisonjeado", disse.

Dedé foi mais além, e disso que José Neto, do Flamengo e Paco Garcia, de Mogi das Cruzes, mereciam concorrer ao prêmio.

Sobre a campanha limeirense no NBB7, Dedé acredita que a Winner poderia ir mais além, ou seja, decidir o título.

"Não jogamos bem esta série semifinal, infelizmente. O Flamengo soube explorar nossos pontos falhos. Decepcionamos em casa, perdendo as duas, mas atuamos bem no Rio de Janeiro. Os erros apareceram justamente no último quarto. Se a Winner tivesse vencido aquele jogo no Tijuca, teríamos uma outra série. O Jogo 4 deixaria o Flamengo sem saber como atuar, esperando a nossa reação. Foi uma pena deixarmos escapar aquela vitória", comentou.

Sobre a queda de rendimento de Nezinho nos jogos finais, tão comentado pelos torcedores nas redes sociais, Dedé preferiu elogiar a competência do argentino Laprovitolla.

"O gringo ganhou a série. Ele mostrou muita personalidade. O Nezinho merece todos os elogios possíveis. Foi o nosso grande líder na temporada. Tanto que concorre ao prêmio de melhor da posição. A verdade é que o Flamengo conseguiu manter sua média e contou com os nosso erros. O Nezinho é meu jogador de confiança e sempre será, bem ou mal", explicou.

Para completar, Dedé lembrou que os torcedores queriam pelo menos uma vitória diante do Flamengo e que foi cobrado por isso.

"Perder de 3 a 0, 3 a 1 ou 3 a 2 é a mesma coisa, significa eliminação. Não faz diferença alguma. Perdemos a série e isso por si só, já é dolorido, ainda mais pelo campeonato que fizemos. Para mim, ou é título ou é nada. Claro que subimos um degrau, pois chegamos até a semifinal do campeonato de basquete mais importante do país, mas no que vem vamos brigar pelo título. Eu prometo", cravou.

Sobre seu primeiro ano no comando da Winner, Dedé Barbosa disse que aprendeu muito como assistente, mas que tem muito que aprender como técnico.

"Foco ao máximo o jogo. Me sinto bem nos momentos de pressão. Gosto desta adrenalina. Sou intenso a todo momento e quero vencer. Quero ser competitivo sempre. Tento passar essa energia aos meus jogadores. Ter participado daquela clínica em San Antonio, nos EUA, foi importante demais para a minha carreira. Me fez ver novos horizontes", concluiu.

Dedé Barbosa tem 75 jogos no comando da Winner, com 53 vitórias e 22 derrotas, um aproveitamento de 70,6%. Foi o treinador que demorou menos tempo para atingir 50 vitórias pela equipe limeirense. A reapresentação da Winner deve acontecer no final de junho.

Betão Alcântara deixa a Inter de Limeira no Top 10 entre os técnicos

Do dia que estreou na Internacional, em 20/07/2014, na derrota para o União Barbarense por 1 a 0, fora de casa, pela Copa Paulista, até seu último jogo em 17/05/2015, na derrota em Votuporanga por 2 a 0, pelo quadrangular final da Série A-3, foram 10 meses de trabalho no Limeirão, tempo suficiente para colocar Betão Alcântara na lista dos 10 técnicos que mais comandaram a Inter na história.

O treinador encerra seu ciclo no Major Levy após 44 jogos. Foram 16 vitórias, 13 empates e 15 derrotas. Ou seja, conquistou 61 dos 132 pontos que disputou, o que lhe dá um aproveitamento de 46,2%. Seu ataque marcou 44 gols e sua defesa sofreu 52, saldo negativo de 8 gols.

Curiosamente, Betão também é o 10º colocado em número de vitórias pela Inter na história, com 16.

Como o Leão não disputará a Copa Paulista no segundo semestre, a diretoria leonina terá tempo para estudar um substituto para Betão.

Ranking dos técnicos leoninos:

1) Pepe - 119J/ 52V/ 44E/ 23D
2) Levir Culpi - 82J/ 36V/ 19E/ 27D
3) Sérgio Clérice - 62J/ 18V/ 30E/ 14D
4) Lelo - 52J/ 19V/ 16E/ 17D
5) Carlos Gainete - 50J/ 16V/ 18E/ 16D
6) Claudemir Peixoto - 48J/ 27V/ 09E/ 12D
7) Paulo Catanoce - 47J/ 21V/ 15E/ 11D
8) Alfredo Sanpaio - 47J/ 13V/ 24E/ 10D
9) Pintado - 44J/ 21V/ 11E/ 12D
10) Betão Alcântara - 44J/ 16V/ 13E/ 15D

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Felipe renova com o Timão

Titular absoluto no time de Tite desde o começo do ano, o zagueiro Felipe assinou um novo contrato com o Corinthians. O vínculo foi prorrogado até dezembro de 2019 e garantirá um aumento de 50% no salário, que se aproximou dos R$ 100 mil mensais.

Dunga chama Fred e Felipe Anderson para amistosos da seleção

Dunga anunciou hoje a convocação de mais dois jogadores para os amistosos contra México e Honduras, nos dias 7 e 10 de junho, respectivamente. O volante Fred, do Shakhtar Donetsk, e o meia Felipe Anderson, da Lazio, foram chamados para integrar a seleção brasileira.

Técnico Juan Carlos Osório se aproxima do São Paulo

Diretoria do Atlético Nacional confirmou o contato do São Paulo com o técnico Juan Carlos Osório, conforme publicou o UOL Esporte.

Segundo o diretor esportivo Victor Marulanda, treinador e diretoria vão se reunir nas próximas horas para falar sobre o tema.

O contrato de Osório com o Atlético Nacional é válido até o fim de 2017 e teria de ser rompido para que ele trocasse de clube. Para isso, o São Paulo teria de indenizar o clube colombiano.

Fluminense demite Drubscky

Fluminense anunciou a saída do técnico Ricardo Drubscky, que estava no clube desde o final de março. Drubscky foi demitido três dias após a derrota do clube para o Atlético-MG por 4 a 1, em Brasília, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Na estreia, a equipe venceu o Joinville por 1 a 0 com um gol no final do jogo. No total, o treinador comandou o Fluminense em oito jogos, com cinco vitórias e três derrotas.

Corinthians fecha patrocínio

Corinthians fechou patrocínio com a 99Taxis, aplicativo para a chamada de táxis, no valor de R$ 3,5 milhões até o final do ano. A marca da 99Taxis estará estampada no ombro da camisa do time alvinegro.

*** Boca Juniors informou que já iniciou o processo para expulsar os 11 sócios envolvidos no incidente ocorrido no estádio La Bombonera, no jogo contra o River Plate, que culminou na eliminação do time na Libertadores.

Bellucci avança em Genebra

Thomaz Bellucci avançou às quartas de final do ATP 250 de Genebra. O tenista brasileiro venceu o uzbeque Denis Istomin, 66º do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/4, em 1h15.

Com o resultado, Bellucci, 60º colocado no ranking da ATP vai enfrentar na próxima rodada do torneio o ganhador do duelo entre o alemão Benjamim Becker, 45º do mundo, e o espanhol Albert Ramos-Vinolas, 63º do ranking. O ATP 250 de Genebra é o último torneio antes de Roland Garros.

Lewis Hamilton renova

A Mercedes anunciou em Mônaco, onde neste domingo será disputada a sexta etapa do Mundial de F-1, a renovação do contrato com Lewis Hamilton por mais três temporadas. As negociações com o atual campeão mundial da categoria começaram ainda no ano passado. O inglês, que lidera o Mundial deste ano com 30 pontos de vantagem sobre seu companheiro de time, Nico Rosberg, chegou à Mercedes no início de 2013.

Recorde negativo no Brasileirão

Foram apenas 20 jogos disputados, mas o Brasileirão 2015 já tem um recorde negativo histórico. A atual edição tem o pior rendimento dos times em partidas fora de casa em toda a história da competição - criada em 1971. É a primeira vez que somente uma equipe vence após duas rodadas. A única vitória de um visitante até o momento foi do Corinthians sobre o Cruzeiro por 1 a 0, na rodada inaugural, gol do atacante paraguaio Ángel Romero.

Bauru e Mogi das Cruzes decidem vaga para final do NBB7 hoje

A partida é válida pela semifinal, mas o clima é de decisão. Depois de quatro partidas e duas vitórias para cada lado, Bauru e Mogi das Cruzes definem hoje quem será o segundo finalista da sétima edição do NBB. O ganhador enfrentará o atual bicampeão Flamengo, que eliminou a Winner/Limeira por 3 a 0.

O duelo derradeiro será às 19h30, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru, com transmissão ao vivo pelo SporTV e pela Rádio Pimba (www.radiopimba.com) em parceria com o Jornada Esportiva do narrador Rafael Antônio.

Betão Alcântara diz que não fica na Inter por dinheiro nenhum


Agora é oficial. Betão Alcântara não é mais técnico da Internacional. Ele terá uma reunião esta semana com a diretoria alvinegra, mas vai comunicar a sua saída. Sua decisão é definitiva.

"Quem sabe no futuro eu retorne ao Limeirão, mas nesse momento eu estou me desligando. Por dinheiro nenhum eu fico aqui, nem ganhando três vezes mais. Gostaria de agradecer à todos pela confiança em meu trabalho, pelo respeito comigo, porém meu ciclo está encerrado", afirmou.

Com propostas para comandar uma equipe na Série B do Campeonato Brasileiro e uma na Copa Paulista, Betão disse que não tem pressa e que, no máximo em dez dias, deve acertar seu futuro.

Ponderado e firme em suas palavras, Betão preferiu não se expor muito. Apenas disse que "tem muita coisa errada na Internacional e que pelas dificuldades que enfrentou, a Inter até que fez um bom papel, chegando na última rodada do quadrangular final com chances de subir.

Pingue Pongue:

Gazeta - Você deixa a Inter com o sentimento de dever cumprido?
Betão - Deixo a Inter com a consciência tranquila por tudo o que fiz. Isso que me conforta. Trabalhei muito. Me dediquei ao máximo. Mas enfrentamos muitas dificuldades. Óbviamente que gostaria de levar a Inter à Série A-2, era meu sonho, mas pelo que passamos não tinha como. Não tiro em nenhum momento a minha responsabilidade e nem dos jogadores. Mas tem muita coisa errada, que atrapalhou demais a nossa caminhada.

Gazeta - E seu relacionamento com o presidente Altair Bueno?
Betão - Respeito o Altair. Sei que ele não tem maldade no coração, porém é mais torcedor do que dirigente. Faltou experiência para ele lidar com algumas situações. Ele ouvia muito as pessoas de fora do Limeirão. Ás vezes duvidava até do nosso trabalho. Até os jogadores ficaram chateados com essa situação. As redes sociais atrapalharam muito também no andamento da máquina. Existia muita comparação com o Independente. Eu sempre afirmava que não deveríamos nos preocupar com nosso vizinho, mas tudo girava em torno se o Galo ganhava ou perdia. Assim fica difícil. Você acaba não cuidando do seu próprio time.

Gazeta - Você perdeu o controle do elenco na reta final?
Betão - De jeito nenhum. Ninguém conhecia o elenco da Inter melhor do que eu. Via a imprensa criticando a improvisação do Murilo Henrique como volante. Ele foi bem demais na posição. Me criticaram que saquei o Felipe no meio do campeonato, mas ele é muito instável. Sabia que ele poderia nos deixar na mão nos momentos decisivos. Prova disso é que foi expulso em Votuporanga aos 25 minutos do 1º tempo. Eu tinha o controle de tudo e só queria encontrar a melhor solução para a Inter. Não tivemos um jogador decisivo na A-3. O que mais se aproximava era o Léo Gonçalves e perdemos ele no quadrangular final por uma lesão. Aí ficou ainda mais difícil.

Gazeta - Os reforços que chegaram por último te decepcionaram?
Betão - Dos quatro, o Carlão foi o que mais correspondeu as minhas expectativas. É um xerife nato. Nosso problema não era defensivo. O meia Marcelinho se destacou no Rio Claro, mas aqui não produziu. Já o Evandro não se adaptou. E olha que é um jogador que vários times de Goiás querem, mas aqui foi mal. Foi o que teve a imagem mais arranhada, infelizmente. Conversei com ele sobre isso. Já o Danilo Pereira estava com a gente desde o início e uma contusão no joelho o atrapalhou.

Gazeta - Do elenco que você formou na Inter, quem trabalharia com você novamente?
Betão - O Nunes pra mim está entre os três melhores goleiros da A-3. O Rodrigão, o Carlão e o Murilo Henrique são firmes na zaga. O Boré precisa ser um pouco mais lapdado. Ele bem trabalhado estará em uma equipe grande em breve. O Geovane não aparece tanto para a torcida, mas é fundamental para qualquer equipe. Está em todos os lugares. O Léo Gonçalves oscilou bastante, mas é diferenciado. Já o Pablo poderia ser o nosso diferencial, mas foi bem aquém da Copa Paulista. Esses jogadores sempre vão me interessar.

Gazeta - O que faltou para a Inter subir?
Betão - Sem dúvida alguma, alguém para colocar a bola para dentro do gol. Sempre faço as estatísticas dos jogos. Tenho todos os escaltes. Nossa média foi de 10 finalizações por jogo e de 13 jogadas de linha de fundo. Faltava a definição.

Gazeta - Em que momento você sentiu a queda de produção da Inter?
Betão - Foi a partir da derrota para o Nacional, no Limeirão, por 3 a 2. Vencíamos por 2 a 1 até os 40 minutos do 2º tempo, quando tomamos a virada. O elenco se abateu demais e sentiu a derrota. Parece que toda aquela confiança do início do campeonato foi embora. Foi difícil retomar o nosso ritmo.

Gazeta - A arbitragem prejudicou a Inter no quadrangular final?
Betão - Com certeza. Na estreia contra o Votuporanguense por exemplo, empatávamos por 1 a 1 quando o Danilo Pereira sofreu um pênalti escandaloso, absurdo. O árbitro não marcou. Se tivéssemos vencido na estreia, a história seria outra. No próprio jogo contra o Juventus na penúltima rodada, o lance que originou o gol do adversário saiu de uma falta não marcada no Lucas Vilella. E naquele momento a gente estava em cima, perto de fazer o gol. O próprio Pablo perdeu um gol feito minutos antes.

Gazeta - Se a Inter tivesse caído no outro grupo, subiria?
Betão - Acredito que sim. Vencemos o Taubaté, o Atibaia e o Primavera e empatamos com o Barretos na estreia. Nossa chance seria bem maior. No nosso grupo tínhamos dois times bastante entrosados e com torcidas inflamadas. Até nisso demos azar.

Gazeta - A torcida da Inter tirou sua tranquilidade durante a A-3?
Betão - Apenas aquela meia dúzia de gato pingado que não tinha outra coisa a fazer do que ficar me xingando atrás do banco de reservas. A torcida em si nos apoiou. Perdeu a paciência apenas após o empate com o Grêmio Osasco no quadrangular final, em casa. Pressionar por resultados positivos até faz parte, o que eu desaprovo completamente é hostilizar e ameaçar os jogadores. Isso tira a tranqulidade, dá medo. Quando isso acontece, a chance de sucesso fica cada vez menor. Ninguém consegue jogar sob pressão, nem os times grandes.

Gazeta - Você tinha esperança no acesso na última rodada?
Betão - A gente sabia que o Juventus não perderia a chance de subir em casa e contra o desclassificado Grêmio Osasco. Enfrentamos o Votuporanguense no intuito de fazer a nossa parte e vencer, mesmo jogando em Votuporanga. Mas quando o Juventus abriu 3 a 0 no 1º tempo, o clima no nosso vestiário no intervalo era fúnebre. Os jogadores não tinham nem força para retornar para o segundo tempo. O próprio Votuporanguense foi legal com a gente. Quando fez 2 a 0, tirou completamente o pé. Eles sabiam que a Inter não tinha mais chances de nada e nos respeitaram. Eu não via a hora do apito final.

terça-feira, 19 de maio de 2015

Nezinho, da Winner, concorre ao prêmio de melhor armador do NBB7


Nezinho, da Winner, concorre ao prêmio de melhor armador do NBB7, fazendo parte do Quinteto Ideal. O xodó da torcida limeirense disputará o prêmio com Jamaal (Macaé Basquete) e Ricardo Fischer (Bauru). O vencedor será conhecidos no dia 08/06, na festa de premiação dos Melhores do NBB7, que será realizada em São Paulo.

A votação dos indicados contou com a participação de técnicos, assistentes e capitão das 16 equipes que disputaram a sétima edição do NBB, além da imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros. A Gazeta de Limeira e a Rádio Educadora 1020 AM foram representadas por Edmar Ferreira.

Nezinho retornou a Winner, onde atuou no NBB 1, após seis temporadas em Brasília. O armador foi um dos principais destaques da campanha de sua equipe, que terminou a fase de classificação na vice-liderança e chegou até a semifinal. Aos 34 anos, Nezinho encerrou a competição com médias de 13,2 pontos e 5,04 assistências por partida.

O jogador, campeão do Desafio de Habilidades do Jogo das Estrelas da temporada passada, está em busca de seu segundo prêmio individual no NBB, já que na temporada 2009/2010, quando atuava pelo Brasília, faturou o troféu de Melhor Sexto Homem.

Todos os vencedores:

2013/2014 - Laprovittola (Flamengo)
2012/2013 - Fúlvio (São José)
2011/2012 - Fúlvio (São José)
2010/2011 - Larry Taylor (Bauru)
2009/2010 - Fúlvio (São José)
2008/2009 - Larry Taylor (Bauru)

Neto Berola é do Santos

O Santos acertou com o terceiro reforço para o Campeonato Brasileiro de 2015. Trata-se do atacante Neto Berola, que pertence ao Atlético-MG.

O jogador de 27 anos estava emprestado ao Al Wasl, dos Emirados Árabes, mas se desvinculou do clube na última segunda-feira.

O atacante passará a brigar diretamente por uma vaga no time titular, já que Robinho servirá a Seleção Brasileira a partir do dia 1º de junho, para a disputa da Copa América.

Atualmente, Marcelo Fernandes pode contar no ataque com o camisa 7, Geuvânio, Lucas Crispim e Gabigol, além de Ricardo Oliveira, que é centroavante.

Que belo presente


A empresa Golden Concept presenteou o craque Neymar com uma capinha de celular de ouro de 24 quilates, avaliada em 5.700 euros. Foi um presente pela conquista do Campeonato Espanhol pelo Barcelona, seu primeiro grande título com a equipe catalã.

Santos faz empréstimo de R$ 8 milhões para sanar dívida com elenco

O presidente Modesto Roma Jr vai cumprir a promessa de sanar as dívidas salariais do elenco santista. Segundo a ESPN, o acordo é com o banco BMG, que vai emprestar R$ 8 milhões ao clube da Vila Belmiro. O valor remete a quantia que o time deve a alguns atletas em direitos de imagem.

Vale lembrar que logo após a conquista do título do Campeonato Paulista, a diretoria alvinegra pagou os atrasados referentes aos meses setembro e outubro, deixando ainda cinco meses em aberto.

Muricy Ramalho consegue penhora de contas do Santos e da FPF

O técnico Muricy Ramalho conseguiu bloquear na Justiça o dinheiro de contas bancárias da FPF (Federação Paulista de Futebol) e do Santos.

Segundo a ESPN, o treinador briga para receber R$ 1,3 milhão da rescisão com o time alvinegro, que deixou de pagar os valores e acabou sofrendo ação judicial.

A FPF acabou sofrendo a penhora após ter ignorado ofício da Justiça e deixado de repassar a premiação do Campeonato Paulista ao Santos. O time alvinegro tinha direito a receber R$ 3 milhões por conta do título da competição.

Monaco compra lateral Fabinho

O Monaco anunciou hoje que fechou um contrato definitivo com Fabinho. O lateral-direito brasileiro de 21 anos estava emprestado ao clube francês pelo português Rio Ave desde julho de 2013 e, agora, assinou um acordo até junho de 2019.

O jogador, que atuou em 52 partidas pelo Monaco, está na lista de Dunga com a convocação da seleção brasileira para a Copa América, que será disputada entre 11 de junho e 4 de julho, no Chile.

Sheik fora do Corinthians

Emerson Sheik não vai ficar mais no Corinthians. A decisão foi tomada pela direção do clube, em reunião de avaliação técnica após a eliminação na Libertadores. A permanência do atacante só era cogitada em caso de o time continuar na competição e, ainda assim, seria uma tratativa com proposta de diminuição de salário. Sheik ganha cerca de R$ 520 mil por mês, entre CLT e direitos de imagem. O Flamengo pode ser o destino do jogador.

Felipão se desliga do Grêmio

Felipão não é mais técnico do Grêmio. Após o mau início de Brasileirão e as declarações reclamando da falta de reforços no clube, o treinador acertou seu desligamento na manhã de hoje.

Junto com ele, a comissão técnica gremista formada por Flávio Murtosa e Ivo Wortmann também está desfeita. Em 51 jogos, Scolari teve 26 vitórias, 12 empates e 13 derrotas, um aproveitamento de 60,3%.

O Grêmio, agora, corre para anunciar o substituto. Sábado a terceira rodada do Brasileirão aponta duelo com o Figueirense, na Arena. Os nomes mais cotados são Mano Menezes, Cristóvão Borges, Renato Gaúcho e Celso Roth.

Já o destino de Felipão pode ser o São Paulo.

Torneio Início do Campeonato Amador de Limeira teve 52 gols em 52 jogos

Equilíbrio. Essa foi a tônica da primeira fase do Torneio Início do Campeonato Amador de Limeira disputada no domingo em oito campos.

No total foram disputadas 52 partidas entre os 60 clubes das três divisões. As partidas foram disputadas em dois tempos de 15 minutos em esquema de mata-mata dentro do próprio grupo.

Curiosamente, foram marcados 52 gols, média exata de um gol por partida. Vinte partidas foram decididas nas penalidades máximas.

Apenas duas goleadas foram registradas: 4 x 0 do GRE Madewal sobre o Menores Conscientes, no CT Pinóquio, e 4 x 1 do São Lourenço em cima do Santo Antônio, na Lagoa Nova 1.

No Grupo D por exemplo, disputado no Sesi, apenas um gol foi registrado nos seis jogos: Funcionários 1 x 0 Jardim do Lago. As outras cinco partidas terminaram 0 x 0.

O grupo com mais gols foi o F, na Lagoa Nova 2, com 10 gols em 6 jogos e nenhuma decisão por pênaltis.

No próximo domingo, a partir das 8h no Estádio Comendador Agostinho Prada, conheceremos o primeiro campeão do Torneio Início, uma das principais novidades do calendário esportivo limeirense desta temporada.

Entre os oito finalistas, três pertencem a 1ª Divisão (Verona, Rio Negro e Seringueira), duas a 2ª Divisão (Força Jovem e Estoril) e como grata surpresa, três da 3ª Divisão (Az de Ouro, Cruz Azul e Olga Veroni).

Resultados de domingo:

GA - Jardim São Paulo:

​Serrano 1 x 0 Aliança
Expansão 0 x 0 Botafogo
(2 x 0 Expansão)
Hipolitano 0 x 1 Az de Ouro
Reunidos 0 x 1 Abílio Pedro
Guarani 0 x 1 Serrano
Expansão 0 x 1 Az de Ouro
Abílio Pedro 0 x 0 Serrano
(7 x 6 para o Abílio Pedro)
Az de Ouro 2 x 0 Abílio Pedro.

GB - Santa Adélia:
Portuguesa 1 x 0 Play Offs
Seringueira 1 x 0 Comodoro
Grotta 0 x 0 Ipiranga
(3 x 2 para o Ipiranga)
América 0 x 0 Orom
(3 x 2 para o América)
EKF 1 x 0 Portuguesa
Seringueira 1 x 1 Ipiranga
(2 x 0 para o Seringueira)
América 1 x 1 EKF
(2 x 0 para o América)
Seringueira 1 x 0 América

GC - Parronchi:
Salvador 0 x 0 Novo Horizonte
(2 x 0 para o Salvador)
Belinha Ometto 0 x 1 Central
Santa Cruz 0 x 1 Nova Itália
Força Jovem 0 x 0 Salvador
(3 x 2 para o Força Jovem)
Central 0 x 2 Nova Itália
Nova Itália 0 x 0 Força Jovem
(3 x 2 para o Força Jovem)

GD - Sesi:
Estoril 0 x 0 Roseira
(3 x 2 para o Estoril)
Benfica 0 x 0 Brasil AC
(2 x 1 para o Benfica)
Jd.do Lago 0 x 1 Funcionários
Guerreiros do Sul 0 x 0 Estoril
(3 x 2 para o Estoril)
Benfica 0 x 0 Funcionários
(3 x 2 para o Benfica)
Estoril 0 x 0 Benfica
(4 x 3 para o Estoril)

GE - Lagoa Nova 1:
Rubro Negro 1 x 0 Porto Real
Nacional 0 x 0 Santo Antônio
(2 x 1 para o Santo Antônio)
Centro Rural 0 x 2 São Lourenço
Verona 0 x 0 Rubro-Negro
(2 x 0 para o Verona)
Santo Antônio 1 x 4 São Lourenço
Verona 2 x 0 São Lourenço

GF - Lagoa Nova 2:
XV da Vila 1 x 0 Glorinense
Santa Rosa 0 x 1 Cruz Azul
Tanquinho 0 x 1 Primavera
Juventus 0 x 1 XV da Vila
Cruz Azul 2 x 0 Primavera
XV da Vila 0 x 1 Cruz Azul

GG - CT Pinóquio:
Paranaense 0 x 0 Celtic
(7 x 6 para o Celtic)
Independente 0 x 1 M.Conscientes
Cincofer 0 x 1 GRE Madewal
Olga Veroni 0 x 0 Celtic
(3 x 1 para o Olga Veroni)
M.Conscientes 0 x 4 GRE Madewal
Olga Veroni 1 x 0 GRE Madewal

GH - Limeira FC:
Corinthians 0 x 1 Dinamarca
Campo Belo 1 x 2 Juventude
GR Bela Vista 0 x 0 Ibirapuera
(3 x 1 para o Bela Vista)
Rio Negro 0 x 0 Dinamarca
(2 x 0 para o Rio Negro)
Juventude 3 x 0 GR Bela Vista
Rio Negro 1 x 0 Juventude

Finais no Pradão:
8h00 - Verona x Força Jovem
8h30 - Rio Negro x Seringueira
9h00 - Az de Ouro x Olga Veroni
9h30 - Cruz Azul x Estoril

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Limeira é destaque na abertura de competição nacional de motocross



Show de habilidade dos pilotos e as arquibancadas lotadas marcaram a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2015. O evento, que aconteceu em Limeira no fim de semana, foi realizado no motódromo Carlos Alberto Nunes (Cacko) e empolgou as cerca de 40 mil pessoas que passaram pelo local para assistir as manobras radicais.

O presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), Firmo Henrique Alves, elogiou toda estrutura do evento e destacou o profissionalismo com que a Prefeitura de Limeira preparou a competição.

Para o vice-presidente da Federação Paulista de Motociclismo (FPM), Paulo César Teixeira, a pista de 1.500 metros foi construída com um traçado de nível técnico elevado e coloca o motódromo entre os melhores do Brasil.

O prefeito Paulo Hadich acompanhou os dois dias da competição e ressaltou que este evento já virou tradição na cidade, sendo que no ano passado Limeira também foi destaque entre as etapas realizadas em diferentes pontos do país.

As disputas ocorreram nas categorias MX1, MX2 e MX3, que abrangem pilotos de 14 a 35 anos, e motocicletas de 250 e 450 cilindradas.

Também participaram os pilotos da categoria Júnior, a partir de 13 anos, com motos de 80 cilindradas. Os competidores da categoria MX3 (motos até 450cc, pilotos homens com idade a partir de 35 anos e mulheres a partir de 17 anos) disputaram a prova no sábado, quando ocorreram os treinos livre e cronometrado para todas as categorias.

O português Paulo Alberto, na MX1, e o paulista Gustavo Pessoa, na MX2, foram os vencedores em suas categorias.

Na MX3, Duda Parise venceu a disputa. O piloto de 15 anos, Leonardo Almeida, conquistou com tranquilidade o primeiro lugar do pódio.

Aproximadamente 150 pilotos do Brasil e de outros países, como Portugal, Espanha, Inglaterra e Equador, participaram desta etapa, que marcou a abertura do campeonato.

Inter de Limeira desiste da Copa Paulista e grupos são divulgados

Inter de Limeira desistiu de participar da Copa Paulista. Desta forma, apenas o Independente estará na competição, que começará na metade do ano. Serão 20 equipes apenas.

O Galo está no Grupo 2, ao lado de Capivariano, XV de Piracicaba, Rio Branco e União Barbarense. A estreia do Independente será no dia 19 de julho, às 16h, contra o Capivariano, em Capivari.

O Grupo 1 tem: Linense, Penapolense, Catanduvense, Mirassol e Rio Preto.

No Grupo 3: Primavera, São Bento, Grêmio Barueri, Ituano e Paulista.

No Grupo 4: Juventus, Osasco Audax, Nacional, São Bernardo e São José EC.

Jogos do Independente:

19/07 - Capivariano x Independente
26/07 - Independente x Rio Branco
02/08 - U.Barbarense x Independente
16/08 - Independente x XV Piracicaba
23/08 - Independente x Capivariano
30/08 - Rio Branco x Independente
06/09 - Independente x U.Barbarense
20/09 - XV Piracicaba x Independente

Dedé Barbosa concorre ao prêmio de melhor técnico do NBB7


O Troféu Ary Vidal terá um vencedor inédito nesta temporada. Dedé Barbosa, da Winner/Limeira, Demétrius Ferracciú, do Minas Tênis Clube, e Guerrinha, de Bauru, foram os três mais votados e concorrerão ao prêmio de Melhor Técnico do NBB7.

O ganhador será conhecido no dia 08/06, na festa de premiação, que será realizada em São Paulo.

A votação contou com a participação de técnicos, assistentes e capitão das 16 equipes que disputaram a sétima edição do NBB, além da imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros.

A Gazeta de Limeira e a Rádio Educadora 1020 AM foram representadas por mim.

Em sua primeira temporada como treinador, André Luiz Chueri da Silva Barbosa, o popular Dedé Barbosa, levou a Winner a sua melhor campanha na história do NBB.

Sob o comando do jovem técnico, de 38 anos, a equipe limeirense fechou a fase de classificação com a segunda melhor campanha (25 vitórias em 30 jogos, 83,3% de aproveitamento).

Nos playoffs, Dedé e seus comandados passaram por Brasília por 3 a 1 nas quartas de final e acabaram eliminados pelo atual bicampeão Flamengo nas semifinais.

Já ganharam esse troféu: Paulo Chupeta (Flamengo) no NBB1, Lula Ferreira (Franca) no NBB2 e NBB5, Hélio Rubens (Franca) no NBB3, Régis Marrelli (São José) no NBB4 e Gustavo De Conti (Paulistano) no NBB6.

Bellucci avança em Genebra

Tenista Thomaz Bellucci estreou com vitória no ATP 250 de Genebra, último torneio antes de Roland Garros. O brasileiro venceu o cipriota Marcos Baghdatis por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5-7), 6/3 e 6/3, em 2h15.

Bellucci enfrentará o ganhador do confronto entre o uzbeque Denis Istomin e o sérvio Janko Tipsarevic. Hoje, Bellucci apareceu na 60ª posição do ranking da ATP, com 823 pontos. Ele subiu oito colocações.

Já João Souza, o Feijão, estreou com derrota na competição ao perder para o xará português João Sousa, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3. Feijão é o 80º do mundo, com 650 pontos.

Árbitros das quartas da Libertadores

Conmebol definiu os árbitros responsáveis pelas quartas de final da Taça Libertadores da América.

Independiente Santa Fé e Internacional/RS será apitado pelo argentino Nestor Pitana, enquanto River Plate x Cruzeiro ficará por conta do chileno Enrique Osses.

Já o brasileiro Sandro Meira Ricci apitará Guaraní (PAR) e Racing (ARG), na quinta-feira.

Uefa definie árbitros das finais

A Uefa já definiu o árbitro da final da Liga dos Campeões, que será realizada no dia 6 de junho.

O turco Cüneyt Çakir apitará o grande jogo entre Juventus e Barcelona, em Berlim. Ele terá a companhia dos compatriotas Bahattin Duran e Tarik Ongun.

Aos 38 anos, Çakir apitou quatro jogos nesta edição da Liga dos Campeões, incluindo o jogo de ida das oitavas de final entre Paris Saint-Germain e Chelsea, na França, que terminou em 1 a 1.

Já o inglês Martin Atkinson apitará a final da Liga Europa entre Dnipro e Sevilla, que será disputada no Estádio Olímpico de Varsóvia, na Polônia, no dia 27 de maio.

Inter perde em Votuporanga e novamente fica sem o acesso

A Internacional terá que disputar pela sétima vez em sua história a Série A-3 em 2016. O Leão chegou a última rodada da fase final precisando vencer o Votuporanguense, ontem pela manhã em Votuporanga e ainda por cima torcer para o Juventus perder para o Grêmio Osasco, na Rua Javari.

Deu tudo errado. O alvinegro perdeu por 2 a 0 no Estádio Plínio Marim e ainda viu o Moleque Travesso golear seu adversário por 4 a 1. Pelo quarto ano seguido o Leão disputa o quadrangular final e não sobe, para tristeza de sua torcida.

Contando com o apoio de mais de 5 mil torcedores, o Votuporanguense dominou as ações e criou várias oportunidades. Logo no primeiro minuto, após jogada de João Vitor, Brunão chutou cruzado da esquerda, próximo da trave de Nunes.

Aos 9 minutos, de novo Brunão. O atacante ficou cara-a-cara com Nunes e conseguiu perder, finalizando para fora. O time da casa queria a vitória para decidir o título. De falta, Gustavo Alemão disparou um tubaço para uma grande defesa de Nunes.

A pressão era tão grande, que no minuto seguinte, após falha de Nunes, Paulo Josué tocou para o gol aberto, mas Carlão, com muito esforço, salvou em cima da linha.

Quando o serviço de som do Plínio Marim anunciou o gol de Daniel Costa para o Juventus diante do Grêmio Osasco, o desânimo tomou conta dos leoninos, que sequer incomodavam o goleiro Thiago Morais.

Aos 16 minutos, Brunão lança Paulinho, que pega de primeira. Nunes só acompanha a bola pela linha de fundo. Dez minutos depois, Paulo Vitor, do CAV e Felipe, da Inter, trocaram agressões e foram expulsos pelo árbitro Rafael Gomes Félix da Silva.

A Inter não criava e apenas assistia o time da casa jogar. Mas o CAV perdeu Brunão, contundido. Romarinho entrou em seu lugar.

Nunes era o mais exigido da partida. Aos 35 e aos 39 minutos, teve trabalho em duas batidas de João Vitor. Na segunda delas, o arqueiro chegou a dar rebote, porém ninguém do time da casa aproveitou.

Para aumentar o desânimo dos alvinegros, o serviço de som informou mais dois gols do Juventus, na Javari, ambos de Daniel Costa. Ou seja, a Inter passou apenas a cumprir tabela em seu jogo.

O reflexo dos gols juventinos foi a falta de atenção Nunes. O goleiro tentou sair jogando em sua área e acabou desarmado por João Vitor. Para evitar o gol do time da casa, o arqueiro cometeu a penalidade máxima. A Inter teve sorte duas vezes, primeiro porque o árbitro não expulsou Nunes e segundo, porque João Vitor cobrou para fora.

Segundo Tempo

A Inter voltou com Léo Gonçalves, recuperado de contusão, no lugar de Lucas Vilella. Mas o Votuporanguense deixou para decidir sua classificação para a final da A-3 exatamente na etapa complementar. Logo aos 4 minutos, o habilidoso Paulo Josué passou por dois marcadores, arriscou de fora da área e contou com a ajuda do “morrinho artilheiro” para abrir o placar: 1 a 0.

Sentindo o volume de jogo maior do time da casa, Betão Alcântara sacou o lateral Boré para a entrada de Paulão. E aos 10 minutos, quase o becão deixou tudo igual. Após cruzamento para a área, o reserva apareceu livre na segunda trave e finalizou. Para sorte do CAV, o zagueiro Gustavo Alemão salvou em cima da linha.

Aos 12 minutos, o time de Votuporanga marcou o gol que decretou sua vitória. Após jogada de Paulo Eduardo e defesa parcial de Nunes no chute de Romarinho, Victor Palito, ex-Rio Preto, só teve o trabalho de empurrar para a rede: 2 a 0.

Betão ainda sacou Marcão para a entrada de Fábio Leite, na tentativa de fechar o meio de campo e evitar um placar mais elástico. O próprio time da casa tirou o pé, administrando a boa vantagem no marcador.
A Inter quase marcou seu gol de honra aos 22 minutos com Danilo Pereira, mas o goleiro Thiago praticou um milagre.

O técnico Marcelo Dias ainda prestou uma homenagem ao goleiro Cairo, ídolo da torcida, mas que havia perdido a posição para Thiago Morais. Ele entrou em campo no final da partida para fazer parte da festa. Final, 2 a 0.

Outro grupo

Como o Taubaté havia subido com uma rodada de antecipação, o Atibaia ficou com a última vaga ao derrotar o Barretos por 1 a 0, em Indaiatuba. O gol do acesso foi anotado por André Tavares aos 46 minutos do 2º tempo. Já o Burro da Central bateu o Primavera por 1 a 0, em casa, e fará a final da A-3 contra o Votuporanguense.

Ficha Técnica

Votuporanguense 2 x 0 Internacional


Gols - Paulo Josué aos 4 e Victor Palito aos 12 minutos do 2º tempo (CAV)
Local - Estádio Plínio Marim, em Votuporanga
Árbitro - Rafael Gomes Félix da Silva
Auxiliares - Anderson Jose de Moraes Coelho e Alex Ângelo Ribeiro
Público - 5.012 pagantes
Renda - R$ 60.940,00
Votuporanguense - Thiago Morais (Cairo); Afonso, Caio César, Danilo Costa e Gustavo Alemão; Paulo Vitor, Paulinho, Victor Palito (Allan Maxuel) e Paulo Josué; Brunão (Romarinho) e João Vitor. Técnico - Marcelo Dias.
Internacional - Nunes; Felipe, Rodrigão, Carlão e Boré (Paulão); Geovane, Murilo Henrique, Lucas Vilella (Léo Gonçalves) e Marcelinho; Marcão (Fábio Leite) e Danilo Pereira. Técnico - Betão Alcântara.
Ocorrências - cartões vermelhos para Felipe (IN) e Paulo Vitor (CAV) e amarelos para Nunes, Boré e Murilo Henrique (IN); Victor Palito e Romarinho (CAV).

San Rochester bate H2S e conquista a Copa Verão de Futsal


Novamente o título da tradicional Copa Verão de Futsal vai para Santa Bárbara d’Oeste. Pelo segundo ano consecutivo, o San Rochester conquista o torneio, que chega a sua décima edição.

Na final realizada sexta-feira no Ginásio Domingos de Felice, no Jardim Santo André, diante de um bom público, a equipe barbarense derrotou o forte H2S Bella Festa, de Limeira, por 6 a 4, faturando o bi. Vale lembrar que para esta competição, o San Rochester se reforçou com jogadores da capital paulista.

Além do título, o representante de Santa Bárbara d’Oeste levou os troféus de artilheiro com Leandro Cardoso (12 gols) e o de defesa menos vazada com os goleiros Chico e César, que sofreram 16 gols.

Na decisão do terceiro lugar, o Grêmio Menino Jesus derrotou o Big Night Boys Seringueira por 4 a 2, com uma grande atuação do ala Guilherme Bueno, eleito a revelação do torneio.

Todos os troféus foram entregues pelo organizador Sérgio Macedo e por Delma Gomes, coordenadora da arbitragem da Liga Desportiva Limeirense.

Central vence o Força e conquista o Campeonato de Veteranos de Limeira

Quem tem o coringa Fabinho no time, dificilmente perde um caneco em Limeira. Com quase 20 títulos na carreira, 13 deles apenas de Campeonato Amador em suas três divisões, Fabinho foi o nome do Central na conquista do Campeonato Municipal de Veteranos.

Novato entre os veteranos - fez 40 anos recentemente -, porém experiente ao extremo quando o assunto é futebol limeirense, Fabinho, antes lateral-direito e agora atacante, abriu o caminho da vitória sobre o Força, sábado à tarde no Jardim São Paulo, com um chute cruzado, sem chances para o goleiro Tim.

O adversário reclamou de um toque de mão na jogada, mas o gol foi validado, para alegria do técnico Tião, que apostou no projeto e formou uma equipe forte e unida, começando exatamente por Fabinho.

O segundo tempo foi bastante complicado, principalmente para a arbitragem. Aos 15 minutos, o Central ampliou com um golaço de Maciel, o “Rei do Society do Ítalo Brasileiro”. Só que o goleador foi caçado em campo. Logo após marcar o gol, Maciel sofreu uma forte entrada do volante Dias, que acabou expulso direto pelo árbitro Fernando Barbosa.

O Central ainda criou boas chances para aumentar o placar, na base do contra-ataque. Fabinho, de falta, assustou Tim. O árbitro ainda fez vistas grossas, deixando de marcar um pênalti em cima de Guina.

O Força tinha apenas uma jogada de perigo: as faltas cobradas pelo bom camisa 10 Guedes. Foi o que mais chutou em gol. Mas o goleiro Japão estava atento à todas. O meia Guina, aos 35 minutos, fez uma jogada individual extraordinária pela direita e cruzou na medida para Mário, que desperdiçou.

Nos minutos finais o clima esquentou de vez, tudo por conta de uma entrada forte de Afonso em Ronaldo. Outro cartão vermelho direto. Os jogadores do Central não gostaram e foram tirar satisfação com o agressor. Uma grande confusão foi armada. Três jogadores foram expulsos. A partida ficou mais de 10 minutos paralisada.

Em seu reinício, o árbitro deu mais quatro minutos de acréscimo, tempo suficiente para o Central administrar o placar e conquistar o título. Pequinha, do Cruz Azul, foi o artilheiro com 9 gols, enquanto Japão, goleiro do campeão, foi o menos vazado da competição. O Santa Cruz, eliminado pelo Central nas semifinais, ficou com a terceira colocação.

Ficha Técnica

Central 2 x 0 Força


Gols - Fabinho aos 24 do 1T e Maciel aos 15 do 2T.
Local - Praça de Esportes João Ferraz, no Jardim São Paulo
Árbitro - Fernando Barbosa
Auxiliares - Renato Hansen e Luiz Carlos de Almeida
Central - Japão; Edgar (Maciel), Nheca, Adilson e Lourenço; Guina, Guina II, Ronaldo e Pelé (Marcelo); Fabinho e Márcio (Ilson). Técnico - Tião.
Força - Tim; Dirceu (Afonso), Chicão (Ita), Zé e Tino (Jonas); Dias, Tatinha (Raimundo), Ilário (Mané) e Guedes; Sérgio e Marcelo (Gimenez). Técnico - Vaguinho.

domingo, 17 de maio de 2015

Campeonato Brasileiro da Série A

2ª Rodada:
Coritiba 2 x 0 Grêmio
Goiás 2 x 0 Atlético-PR
Corinthians 1 x 0 Chapecoense
Figueirense 0 x 0 Vasco da Gama
Santos 1 x 0 Cruzeiro
Flamengo 2 x 2 Sport
Atlético-MG 4 x 1 Fluminense
Ponte Preta 1 x 0 São Paulo
Internacional-RS 1 x 0 Avaí
Joinville 0 x 0 Palmeiras

Próxima rodada:
23/05 - 18h30 - São Paulo x Joinville
23/5 - 18h30 - Vasco da Gama x Internacional
23/5 - 21h - Grêmio x Figueirense
24/5 - 11h - Palmeiras x Goiás
24/5 - 16h - Fluminense x Corinthians
24/5 - 16h - Avaí x Flamengo
24/5 - 16h - Atlético-PR x Atlético-MG
24/5 - 16h - Chapecoense x Santos
24/5 - 18h30 - Cruzeiro x Ponte Preta
24/5 - 18h30 - Sport x Coritiba

Classificação:

1 Corinthians 6
2 Atlético-MG 4
3 Sport 4
4 Goiás 4
5 Ponte Preta 4
6 Santos 4
7 Coritiba 3
8 Atlético-PR 3
9 São Paulo 3
10 Chapecoense 3
11 Fluminense 3
12 Internacional-RS 3
13 Palmeiras 2
14 Vasco da Gama 2
15 Flamengo 1
16 Avaí 1
17 Joinville 1
18 Grêmio 1
19 Figueirense 1
20 Cruzeiro 0

Campeonato Brasileiro da Série B

2ª Rodada:
Bahia 4 x 1 Mogi Mirim
Sampaio Corrêa 3 x 1 Macaé
Santa Cruz 4 x 1 Paraná
Criciúma 0 x 2 ABC
Botafogo 4 x 1 CRB
Bragantino 1 x 0 Paysandu
Boa Esporte 0 x 1 Náutico
Oeste 1 x 2 Vitória
Ceará 2 x 0 Atlético-GO
Luverdense 1 x 0 América-MG

Próxima rodada:
19/5 - 19h30 - Macaé x Oeste
19/5 - 21h50 - Náutico x Criciúma
22/5 - 19h30 - Vitória x Bragantino
22/5 - 21h50 - Mogi Mirim x Sampaio Corrêa
23/5 - 16h30 - América-MG x Santa Cruz
23/5 - 16h30 - Paraná x Boa Esporte
23/5 - 16h30 - Paysandu x Ceará
23/5 - 16h30 - Atlético-GO x Botafogo
23/5 - 21h - ABC x Luverdense
23/5 - 21h - CRB x Bahia

Classificação:

1 Sampaio Corrêa 6
2 Botafogo-RJ 6
3 Náutico 6
4 Bahia 4

5 Santa Cruz 3
6 ABC 3
7 Ceará 3
8 Macaé 3
9 Oeste 3
10 Luverdense 3
11 CRB 3
12 Criciúma 3
13 Vitória 3
14 Bragantino 3
15 Atlético-GO 3
16 Paraná 3
17 América-MG 1
18 Paysandu 0
19 Boa Esporte 0
20 Mogi Mirim 0

Com gol de Lionel Messi, Barcelona é campeão espanhol

O Barcelona chegou hoje ao 23º título do Campeonato Espanhol após vencer o Atlético de Madrid por 1 a 0, no Vicente Calderón, gol de Lionel Messi. O título vem com uma rodada de antecedência, já que a equipe chegou aos 93 pontos e não pode ser mais alcançada pelo Real Madrid, que goleou o Espanyol por 4 a 1.

O Barcelona segue no ritmo de decisões. No próximo dia 30, enfrenta o Athletic Bilbao, pela final da Copa do Rei. Já no dia 6 de junho, será a vez de enfrentar a Juventus, atual campeã italiana, pela final da Liga dos Campeões.

Caso consiga os dois títulos, será a segunda "tríplice coroa" da história da equipe, com a conquista dos três títulos mais importantes da temporada. A primeira vez foi em 2008/09, sob o comando de Pep Guardiola.

Bauru vence Mogi e força o 5º jogo

Equilíbrio, emoção, intensidade e duas prorrogações. Foram esses ingredientes que fizeram do Jogo 4 da série entre Bauru e Mogi das Cruzes uma partida épica.

Hoje, o Ginásio Hugo Ramos sediou um confronto que certamente ficará marcado para sempre na história do maior campeonato de basquete do país e, no final das contas, o time bauruense levou a melhor, pelo placar de 98 a 91, para empatar o confronto semifinal em 2 a 2.

Agora, a decisão do segundo finalista do NBB7 acontecerá na próxima quarta-feira, às 19h30, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru. As duas equipes decidirão quem enfrentará o Flamengo na grande decisão da temporada 2014/2015 da competição nacional.

Inter de Limeira perde em Votuporanga e dá adeus ao acesso à A-2

ELIMINADA - A Inter de Limeira deu adeus ao tão sonhado acesso para a Série A-2 do Campeonato Paulista. Jogando nesta manhã no Estádio Plínio Marim, em Votuporanga, o Leão perdeu para o Votuporanguense por 2 a 0, gols de Josué aos 4 e Victor Palito aos 12 minutos, ambos no segundo tempo.

O time da casa ainda perdeu um pênalti na primeira etapa com João Vítor, que cobrou para fora. Foram 5.016 pagantes e R$ 60 mil de renda.

O Juventus ficou com a segunda vaga de acesso do Grupo 2 ao golear o Grêmio Osasco por 4 a 1, na Rua Javari.

No outro grupo subiram Taubaté e Atibaia. Este último venceu o Barretos por 1 a 0. A final da A-3 reunirá Votuporanguense x Taubaté.

A Inter disputará pela sétima vez a A-3 em 2016. Pelo quarto ano consecutivo o Leão chegou ao quadrangular final e não subiu.

Galo Sub-20 empata com Guarani

DEU EMPATE - O Independente deixou escapar a vitória diante o Guarani ontem à tarde no Pradão, pelo Campeonato Paulista Sub-20. Vencia por 1 x 0, gol de Gilcimar Júnior aos 26 do 1T, quando tomou o empate aos 41 do 2 tempo, com Rômulo.

Dois jogos e dois empates do Galo, que na estréia ficou no 2 x 2 com o Rio Claro, no Schmidtão. No próximo sábado o Independente recebe a Ponte Preta, novamente no Pradão. Obrigado pela audiência na Rádio Pimba.

Minha coluna Pimba de hoje

Difícil escrever isso, doi até na alma, mas a Inter não tem a menor chance de subir hoje. Ela pode até vencer em Votuporanga, como eu acredito, o problema é que o Juventus não vai deixar escapar o acesso diante do já eliminado Grêmio Osasco e diante de sua torcida.

Para você leonino entender, a Inter tem que vencer em Votuporanga e ainda por cima torcer para o Juventus perder para o Grêmio Osasco, na Rua Javari. Ou seja, quando você passa a depender dos outros, sua chance é mínima.

Só como base: o Juventus jogou 11 vezes na Rua Javari nesta A-3 e venceu 10, duas delas diante da própria Inter: 2 x 0 (fase inicial) e 4 x 0 (quadrangular final). Apenas o São José conseguiu derrotar o Moleque Travesso em sua casa: 1 x 0. A FPF vai adorar a volta do time grená.

Já o Votuporanguense mereceu subir. Se você é competente em sua casa, a chance de sucesso é enorme. O CAV não perdeu nenhum jogo em Votuporanga. Taí o exemplo.


Como pode a Inter não vencer nenhum dos três jogos que realizou no Limeirão neste quadrangular final? Foram três empates. Assim fica difícil. Sem contar que em nenhum jogo a Inter conseguiu colocar mil pagantes no Major Levy.

É fácil analisar agora. Na minha opinião, um dos grandes erros do técnico Betão Alcântara foi apostar no veterano Marcos Denner, de 39 anos. O treinador perdeu uma ficha importante. O atacante marcou apenas um gol, e de pênalti ainda (contra a Santacruzense), e ficou mais tempo no banco de reservas do que em campo.

Já dos três reforços que chegaram por último, quebrei a cara com o Marcelinho. Rasguei elogios ao meia, que fez dois excelentes Paulistas pelo Rio Claro. O "perninha curta", como o cinegrafista Fernando Carvalho se referia ao jogador, deixou a desejar.

Me lembro como se fosse hoje. Quando o Taubaté anunciou a contratação do volante Jordy Guerreiro, que subiu no ano passado com o Independente para a Série A-2, o repórter Denis Suidedos virou para mim e disse: "agora só tem três vagas de acesso. Uma é do Taubaté". Dito e feito. Esse jogador não cheira acesso, ele fede acesso. Parabéns Jordy.

No Independente, Álvaro Gaia tem uma lista com mais de 20 jogadores. Sua intenção é trazer um lateral-direito, dois meias e dois atacantes. Nomes como o de Matheus Borges (Comercial), Rafael Chorão (Rio Branco) e Bruno Farias (Marília) são os mais cotados.

Até agora apenas Alemão e Johnathan deixaram o elenco, pois seus contratos se encerraram. Ambos foram para o Bragantino, disputar a Série B do Brasileiro. Detalhe: o Galo não ganhou um centavo em cima deles. 

Xandão pode ser emprestado ao Salgueiro/PE, enquanto o promissor Lucas Xavier pode acertar com um gigante do futebol brasileiro.

O goleiro José Guilherme, do time Sub-20 do Independente, está virando um especialista em defender pênaltis. Que fase do filho do Dr Anivaldo dos Anjos e da doutora Fátima. Tem futuro o menino.

Conversei durante a semana com o professor João Evangelista Macário, especialista em handebol em nossa cidade. Ele me contou que sua equipe, a Einstein, está fechando uma parceria com a marca esportiva alemã Rhumell. Legal demais.

Macário tem uma ideia que a prefeitura bem que poderia acatar. O antigo prédio da Einstein, na Senador Vergueiro, está à venda. O local poderia se transformar, entre tantas coisas, em alojamento para atletas da nossa cidade.

O prédio é tão grande e cheio de salas, que poderia receber praticantes de xadrez, damas, artes marciais, ginástica, tênis de mesa e outros esportes. Até um refeitório poderia ser construído.

Macário lembrou que em Santo André, a prefeitura adquiriu um prédio parecido e colocou em prática esse projeto. Achei essa ideia sensacional. O maior problema talvez seja levantar o dinheiro para comprar o imóvel. Mas seria fantástico.

O grande Sérgio Macedo, principal nome do futsal de Limeira nos últimos anos, está prestes a deixar a modalidade. Cansado e alegando problemas profissionais, o esportista pode ter organizado sua última Copa Verão.

Eu lamento muito se isso acontecer. Poucas pessoas têm tanta dedicação ao esporte em Limeira como o Sérgio Macedo. Ele respira futsal e sempre organizou excelentes torneios. Tomara que ele reveja sua decisão, até para o bem do praticantes da bola pesada.

O Corinthians precisa abrir o olho. Sua situação financeira é terrível e preocupante. O ideal nesse momento é vender o zagueiro Gil para o futebol alemão por 20 milhões de euros e não renovar com Paolo Guerrero.

Foi uma vergonha o que o Corinthians fez na quarta-feira. Óbviamente que os salários atrasados interferiram no rendimento dos jogadores. Mas eles deveriam ter respeito com a torcida presente no Itaquerão.


O torcedor da Winner esperava mais da equipe limeirense nos playoffs semifinais do NBB7 contra o Flamengo. Pelo menos uma vitória.

Mas entendo que o Mengão tem um elenco melhor e mais experiente. Gosto de ver mais o lado positivo da situação. Pela primeira vez a Winner terminou entre os quatro melhores times de basquete do país e novamente estará no Sul-Americano. Não está bom?

Passado o NBB7, a meta agora é preparar o time para o Campeonato Paulista, que começará em agosto. É evidente que alguns jogadores devem deixar o elenco. O primeiro reforço deve ser o ala Gruber, do Uberlândia.

A principal dificuldade será renovar o contrato de David Jackson. O americano é o jogador mais cobiçado pelos times de ponta do Brasil, em especial Bauru. Sem contar o nome forte que ele tem no basquete argentino e no uruguaio.

O que pode ajudar na renovação, é que David Jackson se adaptou em Limeira. Gosta daqui e tem o carinho da torcida, que em todo jogo o chama de MVP. Se perder o americano, que tem mais de dois mil pontos pela Winner, Dedé Barbosa vai atrás do ala argentino Matta, de Franca.

E Mogi das Cruzes hein? Vence a série melhor de cinco contra Bauru por 2 a 1 e pode fechar hoje, novamente em Mogi das Cruzes. Além da queda de rendimento do time de Guerrinha, Mogi está jogando muito.

A Gazeta de Limeira e a Rádio Educadora sem o João Valdir de Moraes ficam mais tristes. Volta logo "pequeno notável". Sua presença no dia-a-dia nos enche de alegria e nos faz bem.

Gostaria muito de agradecer a vereadora Lu Bogo (PR) que protocolou na Câmara Municipal um pedido que concede a mim o título de "Cidadão Limeirense". Confesso, me emocionei demais ao ser informado.


Se for aprovado, será um dos dias mais felizes da minha vida. Nasci em Rio Claro, mas há 20 anos trabalho em Limeira. Gosto sempre de dizer que: "pode ter alguém que goste de Limeira tanto quanto eu, porém mais do que eu não". Obrigado de coração à todos de Limeira que me "adotaram" com muito carinho. Espero sempre fazer o melhor para o esporte da cidade.

Hoje a Gazeta de Limeira completa 84 anos. Faço parte deste time há 15 anos. E com muito orgulho. É interessante como as pessoas nos associam. Muitos me chamam de "Edmar da Gazeta" e outros "Edmar do Pimba".

Só tenho que parabenizar à todos do matutino por mais esse ano. Mesmo diante de todas as dificuldades da economia brasileira, a Gazeta de Limeira segue firme e forte, claro que graças a competente administração da família Lucato, em especial do Dr Roberto.

Graças a Deus tive algumas propostas de trabalho, mas não consigo me ver longe da Gazeta de Limeira. Gosto demais daqui e me sinto bem nesse local. Fico mais feliz ainda por ser o editor de esportes e de ter toda a confiança do Dr Roberto. É uma responsabilidade enorme, mas que me incentiva a crescer cada vez mais.

1º Torneio Início Amador começa hoje

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, realiza hoje o 1° Torneio Início Amador. O campeonato, que reúne as 60 equipes das três divisões, será disputado em oito campos da cidade.

A competição antecede o Campeonato Amador e é uma novidade na cidade. O diretor de Esportes, Carlos Henrique Furlan, comenta sobre a expectativa.

"É uma festa de abertura, portanto todos os clubes se enfrentarão e teremos uma noção do nível técnico dos times da cidade. Por não serem todos da mesma divisão, podemos esperar grandes surpresas”, disse.

Furlan também falou sobre a participação direta dos clubes no formato escolhido e no regulamento do campeonato.

"Os clubes foram consultados para decidirem a melhor forma de disputa. A definição do regulamento foi decidida com questionários respondidos pelas próprias equipes visando tornar o esporte limeirense mais forte. Esse torneio é uma ideia que partiu do Prefeito para aproximar os clubes da prefeitura, manter os clubes integrados e participativos".

As partidas terão início às 8h e serão disputadas em dois tempos de 15 minutos em esquema de mata-mata dentro do próprio grupo - dois deles com nove times e o restante com sete -, com o primeiro colocado passando para as finais, que ocorrerão na semana seguinte.

Em caso de empate, haverá a cobrança de três penalidades para cada clube e, permanecendo a igualdade, serão pênaltis alternados até que seja definido o vencedor.

Torneio Início:

GA - Jardim São Paulo:

​Serrano x Aliança
Expansão x Botafogo
Hipolitano x Az de Ouro
Reunidos x Abílio Pedro
Guarani - chapéu

GB - Santa Adélia:
Portuguesa x Play Offs
Seringueira x Comodoro
Grotta x Ipiranga
América x Orom
EKF - chapéu

GC - Parronchi:
Salvador x Novo Horizonte
Belinha Ometto x Central
Santa Cruz x Nova Itália
Força Jovem - chapéu

GD - Sesi:
Estoril x Roseira
Benfica x Brasil AC
Jd.do Lago x Funcionários
Guerreiros do Sul - chapéu

GE - Lagoa Nova 1:
Rubro Negro x Porto Real
Nacional x Santo Antônio
Centro Rural x São Lourenço
Verona - chapéu

GF - Lagoa Nova 2:
XV da Vila x Glorinense
Santa Rosa x Cruz Azul
Tanquinho x Primavera
Juventus Evolução - chapéu

GG - CT Pinóquio:
Paranaense x Celtic
Independente x Menores Conscientes
Cincofer x GRE Madewal
Olga Veroni - chapéu

GH - Limeira FC:
Corinthians x Dinamarca
Campo Belo x Juventude
GR Bela Vista x Ibirapuera
Rio Negro - chapéu

sábado, 16 de maio de 2015

De 21 jogos fora de casa, Inter de Betão Alcântara venceu apenas 6

A Internacional terá que jogar bem mais para conquistar uma vitória neste domingo em Votuporanga, pela última rodada do quadrangular final do Campeonato Paulista da Série A-3. O retrospecto do Leão como visitante sob o comando do técnico Betão Alcântara não é dos melhores.

Desde que foi contratado no ano passado, Betão dirigiu a Inter em 21 partidas fora de casa, entre a Copa Paulista e a atual Série A-3. Foram apenas seis vitórias, com outros nove empates e seis derrotas.

Nessas partidas o Leão marcou 21 gols e sofreu 26. Ou seja, dos 63 pontos que disputou como visitante, ganhou 27, um aproveitamento de 42,8%.

Na última partida fora de casa, a Inter venceu o Grêmio Osasco por 1 a 0, gol do zagueiro Rodrigão aos 46 minutos do 2º tempo.

Nesta A-3 foram 11 jogos do alvinegro como visitante e apenas três vitórias, contra Rio Preto (2 x 0), Flamengo de Guarulhos (2 x 1) e Grêmio Osasco (1 x 0). Foram outros cinco empates e três derrotas, para Grêmio Barueri (1 x 0), Juventus (2 x 0) e Juventus novamente (4 x 0).

Inter com Betão Alcântara fora de casa:

Copa Paulista 2014:

União Barbarense 1 x 0 Inter
XV de Piracicaba 1 x 1 Inter
Rio Branco 0 x 1 Inter
Red Bull 1 x 1 Inter
Paulista 1 x 1 Inter
Independente 0 x 1 Inter
São Bento 2 x 0 Inter
São José 3 x 3 Inter
Comercial 0 x 2 Inter
XV de Piracicaba 4 x 1 Inter

Série A-3 2015:
Barretos 1 x 1 Inter
Sertãozinho 1 x 1 Inter
Rio Preto 0 x 2 Inter
São José 1 x 1 Inter
Santacruzense 2 x 2 Inter
Barueri 1 x 0 Inter
Flamengo 1 x 2 Inter
Votuporanguense 0 x 0 Inter
Juventus 2 x 0 Inter
Juventus 4 x 0 Inter
Osasco 0 x 1 Inter